quinta-feira, 5 de abril de 2018

Sobre os fundamentos jurídicos das condenações ao PT



Desde a Ação Penal 470 (vulgo Mensalão), quando Rosa Weber (assessorada por Sérgio Moro) admitiu que estava condenando José Dirceu sem provas, porque a literatura jurídica a permitia; passando pelo impeachment de Dilma, em que senadores a depuseram por um suposto crime, mas não cassaram seus direitos políticos, por ela não ter cometido crime algum; até a negação do Habeas Corpus a Lula, em julgamento no qual um "sentimento social" foi invocado por Luís Roberto Barroso; uma característica peculiar tem marcado a cruzada contra lideranças do PT a que o país tem assistido. Os juristas citados para embasar as condenações têm contestado fortemente a interpretação de suas teorias.

Cláus Roxin, Luigi Ferrajoli, Lenio Luiz Streck, Marcelo Andrade Cattoni de Oliveira, Alexandre Gustavo Melo Franco de Moraes Bahia, Alamiro Velludo Netto, Antônio Escrivão Filho e José Geraldo de Sousa Júnior: além de serem juristas reconhecidos, alguns renomados mundialmente, todos serviram de referência para sustentar condenações de lideranças do PT por juízes e parlamentares brasileiros nos últimos anos; e todos eles argumentaram em seguida que suas teses foram mal interpretadas e aplicadas erroneamente.

Confira:

Criador da 'Teoria do Domínio do Fato' repreende ministros do STF por mau uso

(...) ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) citaram a teoria do ‘domínio do fato’ do jurista alemão Claus Roxin, 81. Conforme a teoria, o autor não é só quem executa o crime, mas quem tem o poder de decidir sua realização e faz o planejamento estratégico para que ele aconteça. Esse foi um dos fundamentos usados por Joaquim Barbosa na condenação do ex-ministro José Dirceu. Roxin, porém, enfatizou que essa decisão precisa ser provada e que indícios não são suficientes para uma condenação.

https://www.pragmatismopolitico.com.br/2012/11/criador-da-teoria-dominio-fato-repreende-ministros-stf-por-mau-uso.html

Autores que embasam relatório a favor do impeachment dizem que processo é inconstitucional

Juristas citados pelo relator do processo no Senado Federal, do senador Antonio Anastasia (PSDB), para embasar e confirmar a legalidade do impeachment, dizem que o relator Anastasia interpretou o texto indevidamente e que o processo de impeachment é inconstitucional.

http://cartacampinas.com.br/2016/05/inconstitucional-autores-que-embasam-relatorio-a-favor-do-impeachment-dizem-que-processo-e-insconstitucional/

Luigi Ferrajoli, jurista de reputação mundial, condena abusos da Lava Jato

Luigi Ferrajoli é um dos teóricos citados com bastante frequência pelos Procuradores da República e pelo Juiz Federal Sérgio Moro nos processos da Operação Lava Jato. No entanto, apesar da deferência atribuída a ele, isso não obstou duras críticas às violações cometidas no processo – “podemos notar singulares violações, como a difusão e a publicação das interceptações promovidas pelo próprio juiz instrutor e traços típicos de impedimento. (…) Esta confusão entre acusação e justiça é o primeiro traço do impedimento [de Moro]. O andamento de mão única do processo, que não tem parte contraditória e possui apenas uma pessoa que acusa e julga”.

http://justificando.cartacapital.com.br/2017/04/19/luigi-ferrajoli-jurista-de-reputacao-mundial-condena-abusos-da-lava-jato-em-palestra/

Citado por Gebran no TRF-4, jurista diz que seu texto foi "totalmente descontextualizado"

Alamiro Velludo Netto, professor Doutor de direito da USP citado por Gebran, publicou em suas redes sociais o seguinte comentário após o voto do desembargador: “O pior de tudo é ser citado no voto por meio de um texto meu totalmente descontextualizado”. No texto, o professor discorre sobre o julgamento do mensalão, em que não foi apontado ato de ofício preciso dos condenados – como ocorre no caso de Lula. Ele, no entanto, é um crítico e acredita que a lei não permite que não seja identificado ato que vincule o acusado à benesse recebida.

https://www.pragmatismopolitico.com.br/2018/01/citado-por-gebran-no-trf-4-jurista-diz-que-seu-texto-foi-totalmente-descontextualizado.html

Juristas citados por Fachin no julgamento de Lula contestam argumentos do ministro

Os juristas Antônio Escrivão Filho e José Geraldo de Sousa Júnior criticaram a citação feita pelo relator do julgamento do habeas corpus (HC) do ex-presidente Lula no STF, Edson Fachin, ao livro de sua autoria Para um debate teórico-conceitual e político sobre os direitos humanos.

https://www.brasildefato.com.br/2018/04/04/juristas-citados-por-fachin-no-julgamento-de-lula-contestam-argumentos-do-ministro/

Acrescente-se à lista o grande jurista brasileiro Afrânio Jardim, admirado por Sérgio Moro a ponto de o mesmo ter lhe dedicado texto como tributo. Inicialmente apoiador da Lava Jato, tendo trocado correspondências com Moro sobre aspectos jurídicos da operação, Jardim se tornou um contundente crítico dos métodos adotados pelo juiz de Curitiba e pelo Ministério Público Federal.

Lava Jato: criticada por um ex-aliado de Sergio Moro e alvo de contraofensiva de políticos

Há pouco mais de dois anos, Jardim começou a trocar impressões com o juiz Sergio Moro, o responsável pela operação na primeira instância. Apoiava seus atos. Elogiava a importância das apurações. Mas as últimas ações da força-tarefa fizeram com que ele rompesse com o magistrado e se tornasse um dos principais críticos dos trabalhos que estão sendo conduzidos em Curitiba. Não porque Jardim seja contrário ao combate à corrupção, mas por entender que boa parte do que tem sido feito não respeita as normas. Cita, por exemplo, a condução coercitiva de investigados, a prisão domiciliar de grandes empresários, a divulgação da gravação envolvendo os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, (...). “Não é justo o que estão fazendo”, sintetizou o especialista em conversa com o EL PAÍS por telefone.

https://brasil.elpais.com/brasil/2016/09/17/politica/1474066251_908067.html

Jurista pede para retirar artigo de Moro em livro feito em sua homenagem

"(...) restou ‘esfarrapado’ o nosso sistema processual penal acusatório, que venho procurando defender nestes trinta e sete anos de magistério. O juiz Sérgio Moro me deixou triste e decepcionado com tudo isso."

http://justificando.cartacapital.com.br/2017/05/11/jurista-pede-para-retirar-artigo-de-moro-em-livro-feito-em-sua-homenagem/

domingo, 21 de maio de 2017

PSTU e CONIC - Diretas Já ou Eleições Gerais?

A defesa de eleições gerais pelo PSTU está assumidamente ligada à negação de que houve um Golpe de Estado no processo de impeachment de Dilma. http://www.pstu.org.br/%e2%80%9cdiretas-ja%e2%80%9d-do-pt-ou-%e2%80%9celeicoes-gerais%e2%80%9d-qual-a-diferenca/

Assim, o PSTU confirma que foi e permanece favorável ao afastamento da Presidenta. O impeachment fraudulento colocou Temer à frente do Executivo e o PSDB, DEM e PPS em pastas ministeriais por mais de um ano. Além de fazer avançar uma agenda de reformas extremamente regressiva, isto já resultou no congelamento dos gastos em Educação, Saúde e Segurança Pública por duas décadas e na possibilidade de qualquer atividade ser terceirizada, precarizando as relações de trabalho. O PSTU não faz autocrítica alguma quanto a isto. Pelo contrário, considera a saída de Dilma como algo positivo.

Na verdade, a linha de pensamento do PSTU propõe a divisão e o isolamento da esquerda. Afirma que a palavra de ordem "Diretas Já" seria algo "do PT". Nessa análise sem rastro na realidade, o PSTU desconsidera que outros partidos (PCdoB, PSOL, PSB, Rede) reivindicam Diretas Já e que o PT sequer foi o primeiro partido a trazer essa proposta como solução para a crise política em que o país mergulhou desde 2014.

Falemos de um exemplo (bem) melhor.

O Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (CONIC) reconhece que houve um Golpe contra Dilma, convoca as Diretas Já para a Presidência da República, mas também quer eleições gerais para o Senado e a Câmara Federal... http://www.conic.org.br/portal/noticias/2236-declaracao-do-conic-sobre-o-atual-momento-politico-do-brasil

Bastante positivo que católicos, luteranos, anglicanos e metodistas se unam à causa das Diretas. Até religiosos são menos dogmáticos que trotskistas! De toda forma, ainda me preocupa a falta de foco.

Tem muita gente por aí achando que renovar Presidência, Câmara e Senado ainda é pouco e quer que haja novas eleições para governos estaduais, assembleias legislativas, prefeituras e câmaras de vereadores.

O PSTU ficou indeciso quanto à medida da ambição. Fala em Presidência, Congresso, Governadores e emenda com um "etc.".

Chama a atenção tanto no caso do PSTU quanto no caso da CONIC a completa falta de esclarecimento sobre que poderes seriam os garantidores da democracia em meio a esse "apocalipse" político. Quem dissolveria os governos e parlamentos e conduziria o país?

O PSTU provavelmente alimenta fantasias sobre a possibilidade de "conselhos populares" tomarem o poder e garantirem as eleições. Não vai admitir que na verdade sua proposta de uma esquerda "autêntica" e alheia a articulações políticas mais amplas dialoga mesmo é com o fascismo.

Se falta uma proposta concreta às Igrejas e à extrema-esquerda, à extrema-direita não falta. Fascistas que querem uma intervenção militar (supostamente) constitucional vem ventilando (com boatos, áudios falsos e interpretações distorcidas da Carta Magna) que o STF e as Forças Armadas poderiam exercer o papel de dissolver parlamentos e governos, para depois convocar eleições gerais.

Aos setores populares, progressistas e de esquerda que não usam viseiras, mas ainda assim simpatizam com a ideia de eleições gerais: é preciso encarar que as condições não são favoráveis sequer para a realização de eleições diretas para a Presidência. Isto por si só será muito difícil e exige que nos articulemos a amplos setores, inclusive a partidos e parlamentares que exercem mandatos no Congresso (e que não abrirão mão deles).

O motivo pelo qual precisamos de eleições diretas para a Presidência é que qualquer outra saída mantém o povo excluído da solução da crise e culmina na continuidade da agenda das reformas/demolições trabalhista e previdenciária. Os deputados e senadores em exercício foram eleitos, gostemos ou não. O caso de Temer é diferente, pois ele usurpou o poder em um ato de traição e está aplicando um programa que ninguém teria coragem de defender em uma campanha eleitoral. As classes dominantes e seus partidos, se não conseguirem manter Temer no poder, vão fazer de tudo para que sua saída seja seguida por eleições indiretas, muito mais fáceis de serem controladas.

Devemos sobretudo ter cuidado com a confusão que o inimigo tenta plantar entre nós, nos dividindo, ventilando ideias absurdas sobre a possibilidade de o Judiciário e as Forças Armadas extrapolarem suas funções constitucionais e usurparem o poder político. Os golpistas tentam nos convencer de que esta seria uma medida temporária e que logo mais a normalidade democrática seria restaurada. Pois é exatamente nisto o que a UDN de Carlos Lacerda acreditava em 1964. Ele incitou ao máximo as Forças Armadas para que destituíssem João Goulart, acreditando que logo haveria novas eleições. A Ditadura durou 21 anos, partidos e mandatos foram cassados, o próprio Carlos Lacerda se tornou exilado político e barbaridades foram cometidas contra o povo e seus lutadores.

É preciso aprender com a história para não repetirmos erros.

terça-feira, 4 de abril de 2017

The Propaganda Game: um documentário honestamente ambíguo


Os espanhóis Álvaro Longoria e Alejandro Cao de Benós

Já assisti a vários documentários sobre a Coreia do Norte gravados por ocidentais. Devo dizer que The Propaganda Game (disponível no Netflix: https://www.netflix.com/title/80085020) está acima da média. Na maioria das vezes os visitantes com câmeras não vão ao país para conhecê-lo e revelá-lo, mas sim para combater o que ele representa: goste-se ou não, a Coreia Popular é um dos poucos países que não aceitou se submeter à ordem mundial estabelecida pela hegemonia norte-americana. Pela soberania nacional, seu povo pagou e paga um altíssimo preço! Para mim (ao contrário do que o senso comum estabelece), há algo de muito LIBERTÁRIO no fato de a Coreia Popular se manter de pé! Mal os coreanos se livraram dos colonizadores japoneses (que faziam das mulheres coreanas escravas sexuais), toneladas de bombas norte-americanas foram lançadas sobre Pyongyang, reduzindo-a a escombros. Valia tudo para impedir a consolidação de uma república independente! Por muito pouco não lançaram a bomba atômica! Pyongyang renasceu das cinzas como Fênix, é uma cidade magnífica, limpa, cheia de moradias e áreas de lazer! Comparem com a Seul capitalista e suas favelas, metrôs ocupados por mendigos e sem-tetos! É lugar comum reclamar da dependência norte-coreana em relação à China e à União Soviética, mas não há bases militares estrangeiras (nem chinesas, nem russas) na Coreia Popular. Já a Coreia do Sul (assim como o Japão) é um país ocupado por dezenas de milhares de soldados norte-americanos, com suas bases e ogivas nucleares, cuja detonação é decidida do outro lado do Oceano. Quem é livre, afinal?

Voltando à premissa inicial: geralmente as gravações sobre a Coreia do Norte são apresentadas em edições nas quais aparecem apenas opiniões hostis ao país, de ocidentais carregados de preconceito e arrogância. Algumas dessas criaturas burguesas opinam nesse documentário, mas o diretor espanhol Álvaro Longoria teve o mérito de dar algum espaço para que os próprios norte-coreanos falassem. As filmagens mostram o dia a dia deles, um povo cheio de cor, tradições, brincadeiras... o vídeo foi construído estabelecendo ambiguidades, que nem todos percebem. A crítica à "propaganda" de forma alguma se limita à ideologia ensinada, cultivada e defendida em armas na Coreia do Norte. Há questionamentos também sobre a propaganda midiática que se faz do país mundo afora.


Algumas das estórias fantásticas inventadas contra a Coreia do Norte são desmentidas no próprio documentário. Outras ficaram sem o devido contraponto. Por exemplo, os norte-coreanos nunca reivindicaram terem encontrado um unicórnio de verdade, como sugeriram determinados "jornalistas" de grandes corporações midiáticas. O que foi descoberto por arqueólogos coreanos é um local chamado Covil do Unicórnio (http://solidariedadecoreiapopular.blogspot.com.br/2012/12/folha-de-sao-paulo-mente-sobre-coreia.html).

Alguns questionamentos que o diretor faz na edição do vídeo poderiam ter sido esclarecidos através de perguntas aos entrevistados. Por exemplo, sobre a animação Coração Valente estar sendo exibida na TV de um apartamento. Filmes americanos são mesmo determinantemente proibidos na Coreia do Norte? Acredito que haja restrições econômicas (nesse caso, mais de fora para dentro, via embargo) e mesmo políticas. Possivelmente alguém trouxe uma cópia da China. Mas eu já vi dançarinos caracterizados de personagens da Disney se apresentando em palco para norte-coreanos, enquanto cenas de animações clássicas eram exibidas no telão  (https://www.youtube.com/watch?v=sRUpuPVKip0). O próprio Kim Jong-un estava na plateia.

Outros questionamentos foram um tanto estúpidos, como desconfiar de uma mulher não querer mostrar o que tem na geladeira para o mundo inteiro, ou achar estranho que coreanos cristãos cantem "tão bem" (se no próprio documentário foi registrado que coreanos aprendem a cantar, tocar instrumentos, dançar, etc. desde pequenos).



Enfim, há muito mais o que se saber sobre a Coreia Popular, mais do que é possível em uma única visita, com roteiro preestabelecido e acompanhamento de guias. Mas os "espertos" deveriam lembrar antes de criticar que armistício não é tratado de paz e que a Coreia do Norte ainda se encontra em guerra, não simplesmente contra um vizinho, mas contra aquela que o ocupa, a maior potência econômica e militar do planeta.

Não dá mais para achar que é mera "teoria da conspiração" acusar a inteligência norte-americana de praticar atos de espionagem, sabotagem, assassinatos políticos, golpes de estado, etc. Não com tantos documentos revelados pela própria CIA e com os vazamentos de Assange e Snowden. Essas coisas existem, não são "paranoia". Os norte-coreanos poderiam abrir mão de suas regras rígidas sobre entrada de estrangeiros, de seu militarismo e de seu poderio nuclear dissuasivo. Terminariam como Iraque e Líbia. Felizmente não estão tentados a permitirem essa barbaridade! Uma pergunta para os que repetem como papagaios que a Coreia do Norte é uma ameaça à paz mundial: qual foi o único país do mundo a utilizar a bomba atômica contra pessoas? Uma estrelinha vermelha para quem acertar! Será que aqueles que têm que se retratar e se retirar não são na verdade os norte-americanos, para que os próprios asiáticos negociem os termos de paz entre eles? Ou devemos acreditar como racistas e colonizadores que esses povos precisam ser tutelados por gringos arrogantes?

Menina coreana pergunta se na Espanha as crianças também são amadas

Quanto ao outro espanhol, o comunista  Alejandro Cao de Benós, que optou por viver e servir à Coreia Popular: admiro sua tenacidade, mas considero algumas de suas ideias excessivamente românticas, como criticar as reformas de China e Vietnã (que longe de acabarem com o socialismo em ambos os países, o tornaram mais longevo) e idealizar que a Coreia do Norte se destaca por repudiar formas de organização da produção pelo mercado. O socialismo como transição do capitalismo ao comunismo pode sim comportar diversas formas de organização da produção, desde que subalternas à economia planificada, principalmente nos estágios em que as tecnologias mais avançadas forem monopólio das potências capitalistas. O recente Socialismo de Mercado chinês guarda muitas semelhanças com a Nova Economia Política proposta e executada por Lênin. Seria Lênin um traidor na concepção de Alejandro?

A própria Coreia do Norte tem promovido empreendimentos em comum com a Coreia do Sul capitalista. Laboratórios importantes para um projeto de reunificação nacional sob dois sistemas, como já foi proposto por presidentes dos dois países em encontros na década de 2000. Se os propósitos estabelecidos nas declarações conjuntas entre Norte e Sul (https://en.wikipedia.org/wiki/June_15th_North%E2%80%93South_Joint_Declaration e http://www.ncnk.org/resources/publications/North-South%20Declaration.doc/file_view) não foram alcançados, isto não se deve aos norte-coreanos, mas sim à influência imperialista e anticomunista dos EUA sobre a política sul-coreana. A tão aclamada "alternância de poder" no Sul levou ao abandono da "Sunshine Policy" defendida por Kim Dae-jung e Roh Moo-hyun. Não me admira que os representantes da burguesia ocidental opinem ao final do documentário que a reunificação não interessa a ninguém, e que se ocorresse seria necessariamente uma absorção do Norte pelo Sul, prevalecendo os interesses dos EUA. A reunificação interessa sim, aos próprios coreanos, que deveriam a promover sem ingerência estrangeira alguma! Mas a retirada das bases militares norte-americanas da Coreia do Sul e do Japão não parece ser uma causa humanitária, pelo menos não para certos ongueiros e intelectuais conservadores.



Termino com algumas indicações aos interessados em aprender mais sobre a Coreia Popular.

São os três documentários gravados pelo britânico Daniel Gordon:

A State Of Mind - https://www.youtube.com/watch?v=_Nd-iSCy1og
Crossing The Line - https://www.youtube.com/watch?v=wxQeVBndv3U
The Game Of Their Lives - https://www.youtube.com/watch?v=rG-ivV-ps50

E estes dois episódios do programa canadense Departures:

Departures - s03e12 - North Korea The Other Side - http://www.dailymotion.com/video/x36ibbx_departures-s03e12-north-korea-the-other-side_webcam
Departures S03E13 North Korea The Musical Documental - http://www.dailymotion.com/video/x4dxzw6

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Moro em casa

A foto que flagrou Moro cochichando aos risos com Aécio me despertou várias lembranças. Estavam eles em evento realizado pela Isto É. A revista é uma publicação da Editora Três, de propriedade do Banco Oportunity, que por sua vez é propriedade do banqueiro Daniel Dantas. Dantas é um dos personagens mais frequentes nos escândalos da política nacional, envolvido até o  pescoço nas privatizações fraudulentas dos anos 90. Após ser preso pelo delegado da PF Protogenes Queiroz, ganhou dois (!) habeas corpus de Gilmar Mendes - claro abuso de autoridade! Enquanto Protogenes até hoje é perseguido pela audácia, Dantas segue com seus negócios. Outro perseguido foi o jornalista mineiro Marco Aurélio Carone, trancado na prisão justamente no momento em que daria publicidade a graves denúncias contra Aécio Neves. Carone desenterrava o famoso - mas nunca investigado - esquema de Furnas. Quer dizer, Furnas voltou à tona na Lava Jato, mas Sérgio Moro e Janot acharam que não vinha ao caso. Moro também não se interessou pelos 700 mil dólares MENSAIS que teriam sido oferecidos por Temer a Nestor Cerveró. Temer, mais um presidente que se aposentou novinho e quer que o povo trabalhe até chegar à cova. Mas nada disso seria possível sem a mão de outro banqueiro, um tal Meirelles, que recebe R$ 250 mil de aposentadoria do Banco de Boston. Estou me esquecendo dos representantes natos da elite paulista: o ladrão de merendas Alckmin e o prefeito multi-milionário Dória, que já confessou que tem o sonho de ver todo brasileiro usando uma camisa polo Ralph Lauren. Isto sim é pensar grande! O sonho do Lula era "apenas" que todos pudessem fazer três refeições ao dia!

Moro não podia se sentir mais em casa.

Eu pessoalmente preferiria estar em companhia de Carone e Protógenes, exemplos de que Moro não é nenhum "solitário" no combate à corrupção. Também preferiria estar em algum evento organizado pelos blogs "sujos" (alcunha carinhosa dada por Serra, aquele dos R$ 23 milhões "repatriados"), que insistem em denunciar os óbvios interesses por detrás dessa grande confraternização.





Fontes:

Aécio e Moro in love na foto do ano realizada na festa da Isto É
http://www.revistaforum.com.br/blogdorovai/2016/12/07/aecio-e-moro-in-love-na-foto-do-ano-realizada-ha-pouco-na-festa-da-isto-e/

A imprensa de Dantas
http://observatoriodaimprensa.com.br/imprensa-em-questao/a-imprensa-de-dantas/

Daniel Dantas, o símbolo da privataria
http://www.correiocidadania.com.br/index.php?option=com_content&task=view&id=2046&Itemid=151

Procuradores divulgam carta de repúdio a habeas corpus concedido por Gilmar Mendes
http://noticias.uol.com.br/cotidiano/2008/07/11/ult5772u308.jhtm

Em tempos de Sérgio Moro, por que Protógenes Queiroz está sendo perseguido?
http://www.ocafezinho.com/2016/05/17/em-tempos-de-sergio-moro-por-que-protogenes-queiroz-esta-sendo-perseguido/

Após censura, jornalista revela ao Congresso denúncias que foi impedido de fazer contra Aécio Neves
http://www.ocafezinho.com/2016/11/24/apos-censura-jornalista-revela-ao-congresso-denuncias-que-foi-impedido-de-fazer-contra-aecio-neves/

Furnas: DCM desmoraliza Moro e Janot
http://www.conversaafiada.com.br/brasil/furnas-dcm-desmoraliza-moro-e-janot

Moro proíbe Cerveró de detalhar participação de Temer em negociação de propina
http://www.revistaforum.com.br/2016/12/05/moro-proibe-cervero-de-detalhar-participacao-de-temer-em-negociacao-de-propina/

FHC aposentou com 37 anos e chama de vagabundo quem o fez com 50 anos
http://www.cljornal.com.br/educacao/fhc-aposentou-com-37-anos-e-chama-de-vagabundo-quem-o-fez-com-50-anos/

Temer cita sua própria aposentadoria para defender reforma da Previdência
http://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2016/10/13/temer-cita-sua-propria-aposentadoria-precoce-para-defender-reforma-da-previdencia.htm

Requião denuncia aposentadoria de marajá de Meirelles: R$ 250 mil/mês
http://www.brasil247.com/pt/247/economia/269199/Requi%C3%A3o-denuncia-aposentadoria-de-maraj%C3%A1-de-Meirelles-R$-250-milm%C3%AAs.htm

Escândalo da merenda, rastilho de pólvora para aliados de Alckmin
http://brasil.elpais.com/brasil/2016/01/29/politica/1454092666_925274.html

‘Quem sabe um dia todos os brasileiros vão poder usar Ralph Lauren’, diz Doria
http://oglobo.globo.com/brasil/quem-sabe-um-dia-todos-os-brasileiros-vao-poder-usar-ralph-lauren-diz-doria-20260615

Três refeições ao dia
http://outraspalavras.net/posts/tres-refeicoes-ao-dia/

Serra e os "blogs sujos"
http://jornalggn.com.br/blog/luisnassif/serra-e-os-blogs-sujos-0

José Serra adere à lei e quer repatriar seus R$ 23 milhões na Suíça
http://aesquerdavalente.blogspot.com.br/2016/11/jose-serra-adere-lei-e-quer-repatriar.html

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Falácias da classe média brasileira:

Falácia nº 1: o Brasil tem a maior carga tributária do planeta

A carga tributária do Brasil é de 32,71% do PIB (páginas 23 e 24): http://www.tesouro.fazenda.gov.br/documents/10180/246449/Nimmar2016.pdf/cc8719ff-3c58-4073-b74d-b1095897e61d

A carga tributária média dos países da OCDE é de 34,4% (página 27): http://www.keepeek.com/Digital-Asset-Management/oecd/taxation/revenue-statistics-2015_rev_stats-2015-en-fr#page27

Segundo a Wikipédia, "a OCDE é uma organização internacional de 34 países que aceitam os princípios da democracia representativa e da economia de livre mercado, que procura fornecer uma plataforma para comparar políticas económicas, solucionar problemas comuns e coordenar políticas domésticas e internacionais. A maioria dos membros da OCDE é composta por economias com um elevado PIB per capita e Índice de Desenvolvimento Humano e são considerados países desenvolvidos": https://pt.wikipedia.org/wiki/Organiza%C3%A7%C3%A3o_para_a_Coopera%C3%A7%C3%A3o_e_Desenvolvimento_Econ%C3%B3mico#Pa.C3.ADses_membros

Vejam os páises da OCDE que possuem carga tributária superior à do Brasil:

Dinamarca (50,9%), França (45,2%), Bélgica (44,7%), Finlândia (43,9%), Itália (43,6%), Austria (43%), Suécia (42,7%), Noruega (39,1%), Islândia (38,7%), Hungria (38,5%), Luxemburgo (37,8%), Holanda (36,7%), Eslovênia (36,6%), Alemanha (36,1%), Grécia (35,9%), Portugal (34,4%), República Tcheca (33,5%), Espanha (33,2%), Estônia (32,9%).

Ou seja, ainda que incluíssemos o Brasil no seleto grupo de países que compõem a OCDE e limitássemos o universo a esse conjunto, mesmo assim o Brasil não teria a maior carga tributária de todas. Estaríamos em 20º lugar!

Entre esses países listados, alguns estão em situação econômica complicada, mais complicada até que a do Brasil, como Grécia e Espanha. Vários desses países europeus estão sendo atingidos profundamente pela crise internacional estourada em 2008, tendo como epicentro os EUA (cuja carga tributária é de 26%).

Mas alguns dos países recordistas de bajulação pela classe média brasileira chamam a atenção: Dinamarca, Bélgica, Finlândia, Suécia, Noruega, Islândia, Holanda, todos com cargas tributárias bem maiores que a nossa! Que escândalo!

Se ampliarmos para o ranking da Heritage Foundation (outra instituição dedicada a promover o liberalismo econômico) com dados de 2008, caímos para o 34º lugar: https://pt.wikipedia.org/wiki/Lista_de_pa%C3%ADses_por_carga_tribut%C3%A1ria


Falácia nº 2: o Estado brasileiro é inchado

Reproduzo a matéria de Carolina Ruhman para o Estadão, com base em pesquisa do Ipea (http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,ipea-nao-ha-inchaco-de-funcionarios-publicos-no-pais,347363):

"O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) avalia que não há "inchaço" do Estado brasileiro e acredita que existe espaço para a contratação de mais servidores públicos no País. Segundo estudo divulgado hoje, o porcentual de servidores entre o contingente total de pessoas ocupadas era de 10,7% em 2005, resultado que foi considerado baixo pela entidade quando comparado a países desenvolvidos. De acordo com o levantamento, essa relação chega a 39,2% na Dinamarca, a 30,9% na Suécia, 24,9% na França e 14,8% nos Estados Unidos. O Ipea mediu a participação de empregos no setor público com os dados da administração direta, indireta e empresas estatais.
 

Para o instituto, a participação do emprego público no Brasil é pequena. "Não há razão para se afirmar que o Estado brasileiro seja um Estado ''inchado'' por um suposto excesso de funcionários públicos", afirma o Ipea, no documento. Na avaliação da entidade, há espaço para aumentar o estoque de empregos públicos e a sua participação sobre o total de ocupações._
 

Com a crise financeira internacional, o Ipea aproveitou para destacar que vê espaço para a criação de ocupações emergenciais no setor público. "O emprego público - mesmo que em atividades temporárias - poderia servir como um instrumento contracíclico (certamente não suficiente para compensar todos os postos de trabalho que serão eliminados no setor privado) pelo menos enquanto durarem os efeitos da retração econômica mundial sobre a economia brasileira", defendeu.

O instituto reconheceu que a maior proporção de empregos no setor público de países desenvolvidos, principalmente na Escandinávia, está ligado ao fato de serem Estados de bem estar social, no qual o poder público é o principal ator na garantia do desenvolvimento econômico e social. "Mesmo nos EUA, a mais importante economia capitalista, caracterizada pelo seu caráter ''privatista'' e pelo seu elevado contingente de postos de trabalho no setor privado, o peso do emprego público chega a 15% dos ocupados", diz o estudo.
 

O Ipea afirmou ainda que o Brasil também possui um porcentual de servidores públicos inferior aos de países da América Latina. De acordo com o levantamento, o Panamá tinha em 2006 uma relação de servidores públicos sobre o total de ocupados de 17,8%, a Costa Rica de 17,2%, a Venezuela de 16,6% e a Argentina de 16,2%. Em 2006, para termos de comparação, este porcentual no Brasil era de 12,5%."

sábado, 6 de agosto de 2016

O árabe que filmou Lampião - e o encontro do Rei do Cangaço com o Cavaleiro da Esperança

Assistindo ao filme Baile Perfumado (https://www.youtube.com/watch?v=3Hw0SjxHUso), por interesse no Cangaço, me informei sobre um imigrante libanês, que fugindo do alistamento compulsório ao exército Turco, na 1ª Guerra Mundial, entrou para a história do Brasil como única pessoa a registrar o Bando de Lampião em filme. Seu nome era Benjamin Abrahão Botto (http://www.anba.com.br/noticia_orientese.kmf?cod=10014826).


Pesquisando um pouco mais, descobri que a história de Lampião se cruzou com a de Luís Carlos Prestes, pois quando a sua famosa Coluna percorria o Nordeste, Padre Cícero e outros políticos influentes locais ofereceram ao líder do Cangaço a possibilidade de ser anistiado de seus crimes e de receber o título de capitão, desde que aceitasse enfrentar a Coluna em armas. O título de capitão de fato foi concedido a Lampião, por um funcionário do Governo Federal. Conta-se que antes dessa nomeação, o Bando de Lampião já havia enfrentado a Coluna, porém sem sabê-lo. Mas por desentendimentos, os cangaceiros acabaram não integrando de fato os "Batalhões Patrióticos", voltaram para a clandestinidade e suas ações ilegais (http://www.portaldacomunidadearabe.jex.com.br/cultura+e+musica/benjamin+abraao+botto+o+sirio+libanes+que+fotografou+lampiao / http://historia-davida.blogspot.com.br/2011/06/coluna-prestes-x-lampiao.html).

Fiquei imaginando como seria interessante se, ao invés de quase se enfrentarem, Prestes e Lampião hovessem se unido na luta contra o coronelismo, que separadamente empreenderam.

E por fim, descobri que minha imaginação apenas percorria o óbvio, que ao invés de continuar com a divagação, melhor era recorrer à literatura de cordel, que já havia feito melhor do que eu podia imaginar.

Leia ao maravilhoso cordel de Mariane Bigio, em seu blog:

O encontro de Luis Carlos Prestes e Lampião ou Quando o Virgulino teve um problema com a Coluna - https://marianebigio.com/2012/11/27/o-encontro-de-luis-carlos-prestes-e-virgulino-ferreira-da-silva-ou-quando-o-lampiao-teve-um-problema-com-a-coluna/

sábado, 12 de março de 2016

Fascismo Dominical

Que nome damos a movimentos que, usando de retórica ultra-moralista, se enrolam na bandeira nacional para excomungar tudo o que se associa às ideias e agremiações de esquerda? Movimentos que permitem (pois não condenam) que ao menos parte de seus adeptos, diante da frustração de seus objetivos políticos, mobilizem-se em torno de diversas formas de preconceito: machismo, racismo, xenofobia, etc?

As multidões que marchavam para apoiar a ascensão de Hitler na Alemanha e de Mussolini na Itália, a classe média que preparou o terreno político para os golpes militares na América Latina (Brasil inclusive)... militantes que se uniram na última campanha eleitoral de Aécio Neves, e que não conformados com o resultado das urnas, pedem o 'impeachment' ou a anulação das eleições desde 27 de outubro de 2014... ou manifestam-se na Internet contra pobres e nordestinos, além de usarem ofensas extremamente sexistas e machistas contra Dilma Rousseff, ofendendo por extensão todas as mulheres... o que todos esses grupos têm em comum?

O nome disso é FASCISMO! É isso o que veremos em mais um domingo desfilar nas ruas e avenidas brasileiras, por mais que a grande mídia insista em tratar como atividade "cívica" e "familiar".

Você acha que estou exagerando, não é mesmo?

Então veja a sequência dos fatos. Testemunhe o nível de violência política que essa turma vem praticando - vestida de camisetas da CBF, para protestar (supostamente) contra a corrupção. Veja como esse clima de ódio que vem sendo instalado está pondo em grave risco a jovem democracia brasileira:


---------------

Outubro de 2014

Militantes do PT em campanha para Dilma são agredidos verbal e fisicamente em bairro nobre de Niterói (https://www.youtube.com/watch?v=E3GLLeilguo).

Um homem ameaçou agredir Gregório Duvivier em um restaurante, no Rio de Janeiro, e disse que o ator deveria almoçar em um bandejão, “já que gosta tanto de pobre” (http://www.revistaforum.com.br/2014/10/16/gregorio-duvivier-e-ameacado-apos-declarar-voto-em-dilma/).

Militantes pró-Aécio Neves, usando ostensivamente a bandeira nacional (como se fossem os únicos ou os maiores defensores desta) atacam carros, motoristas e passageiros que portem adesivos e bandeiras pró-Dilma em Belo Horizonte (https://www.youtube.com/watch?v=FAh6WlAUq9Y).

Militante pró-Aécio diz que não quer nem saber o que está escrito no programa do candidato, mas apoia! Sua argumentação se resume a repudiar as relações do Brasil com Cuba, Venezuela, Nicarágua... chega ao ponto de citar a extinta União Soviética no conjunto (https://www.youtube.com/watch?v=ixsnHwm0How).

Militantes pró-Aécio deixam claro que o objetivo primoridal é derrubar o PT, usam (como sempre) a retórica anti-Cuba, anti-Venezuela, anti-comunismo, anti-corrupção (ignorando que o PSDB está associado a inúmeras denúncias), defendem abertamente a Ditadura Militar, até cogitam que uma intervenção militar poderia ser a solução para o país (https://www.youtube.com/watch?v=5ES3g0ntj-4).

Deborah Albuquerque (Barbie Fitness), militante pró-Aécio e ativa no movimento "Revoltados Online", inconformada com o resultado das eleições no 2º turno, ofende eleitores de Dilma, os chamando de burros e miseráveis, afirma que Brasil vai virar Cuba, usa uma série de palavras de baixo calão, diz que tem condições de ir embora do Brasil, mas que os pobres e "merdas de petistas" vão continuar na merda (https://www.youtube.com/watch?v=baYS1FALm4k).

Após reeleição de Dilma, eleitores do Nordeste são atacados nas redes sociais (http://politica.estadao.com.br/noticias/eleicoes,apos-reeleicao-de-dilma-eleitores-do-nordeste-sao-atacados-nas-redes-sociais,1583393).

Médicos defendem “castrações químicas” a nordestinos eleitores de Dilma (http://ultimosegundo.ig.com.br/politica/2014-10-07/comunidade-medica-prega-holocausto-no-nordeste-em-campanha-contra-dilma-na-web.html).


---------------

Novembro de 2014

Advogado é agredido por manifestantes pró-Golpe (impeachment/anulação de eleições), por estar vestindo camiseta vermelha que contém mensagem cômica, associando a expressão "Communist Party (partido comunista)" com "communist party (festa comunista)" (https://www.youtube.com/watch?v=8GRhk0ofUGE).

Em gravação para o CQC, Guga Noblat é agredido por manifestantes pró-Aécio, que logo após o resultado do 2º turno não aceitaram a apuração das urnas, reivindicando 'impeachment' ou anulação das eleições (https://www.youtube.com/watch?v=NOGTk_anPHA).

O mesmo Guga Noblat é agredido verbalmente por um conjunto de militantes "anti-corrupção", por transitar entre eles vestido de vermelho, mesmo estando com um neném no colo (https://www.youtube.com/watch?v=ecz-FDE8LT4).

Eu Odeio Você (coletânea de uma série de expressões públicas de ódio visceral contra Dilma e o PT) (https://www.youtube.com/watch?v=rrzxS7MoPjk).

Filho de Jair Bolsonaro e também parlamentar em exercício de mandato, Eduardo Bolsonaro comparece a protesto armado com pistola (https://www.youtube.com/watch?v=L6PV0A-5Evw).


---------------

Dezembro de 2014

Declaração de Olavo de Carvalho no Facebook:


"Mais importante do que tirar a Dilma da presidência é expulsar os comunistas da sua escola, da sua igreja, da sua sociedade de bairro, do seu clube. Isso não depende de grandes mobilizações, depende só da coragem e iniciativa de cada um. Isso não é nem política: é dever pessoal. Denuncie cada filho da puta, atire na cara dele, em público, todo o mal que ele representa e personifica. Recuse-lhe amizade, tolerância ou respeito, mesmo em pensamento. Esses canalhas vivem da generosidade das suas vítimas".
 
(https://www.facebook.com/carvalho.olavo/photos/a.275188992633182.1073741828.275181425967272/411841992301214/?type=1&theater)


---------------

Março de 2015

Família de ocupação de moradia é hostilizada durante manifestação do dia 15. O motivo?! Uma faixa que dizia: "Que os ricos paguem pela crise. Todo apoio à greve dos professores" (https://www.facebook.com/Falandoverdadesbr2/videos/730845850364071/).

Rapaz com camiseta vermelha com foice e martelo é hostilizado por manifestantes de verde e amarelo no Rio de Janeiro. Um senhor de sunga arranca a garrafa de água de sua mão. O rapaz revida com um tapa. A multidão o cerca aos gritos típicos de fascistas. A pessoa que grava o vídeo não sabe se pede "paz" ou se encoraja as pessoas a lhe arrancarem a camiseta. De fato elas tentam, algumas o golpeiam, uma viatura da polícia o conduz para outro local para evitar maiores violências. A pessoa que gravou o vídeo se demonstra orgulhosa de ter participado de tudo aquilo (https://www.youtube.com/watch?v=QDPWbVTxokc).

Portando bandeiras que associam a mão de Lula (com um dedo a menos) à corrupção (associação que já foi criminalizada como preconceito à deficiência física durante as eleições de 2006 - http://www.dgabc.com.br/Noticia/298338/tse-proibe-circulacao-de-adesivos-com-a-mao-de-lula?referencia=colunas-lista), manifestantes de direita em Uberlândia (MG) entoam as palavras de ordem "Fim do PT!". Isso mesmo, não é "fim da corrupção" ou "cadeia para os corruptos", é o pedido expresso de que um partido político inegavelmente importante para a história do país seja privado do direito de existir. Muito lembra a cassação ao PCB pelo TSE em 1946, sob argumentos frágeis. O pior é que de fato o PSDB vem tentando em vias "legais" impor uma cassação ao PT (http://g1.globo.com/politica/operacao-lava-jato/noticia/2016/01/psdb-pede-procuradoria-geral-eleitoral-extincao-do-registro-do-pt.html) (https://www.youtube.com/watch?v=7OM3VltqUYU&feature=youtu.be).

Diretório do PT em São Paulo é atingido por coquetel molotov. Incidente ocorreu durante a madrugada, quando não tinha ninguém no prédio (http://noticias.terra.com.br/brasil/politica/diretorio-do-pt-em-sao-paulo-e-atingido-por-coquetel-molotov,ea45c8ae7aa5c410VgnVCM20000099cceb0aRCRD.html).

Sede do PT é atacada com bomba em Jundiaí (SP) (http://noticias.r7.com/sao-paulo/sede-do-pt-e-atacada-com-bomba-em-jundiai-sp-15032015).


---------------

Abril de 2015

Um dos líderes do Movimento Brasil Livre (financiado por magnatas do petróleo norte-americano, conforme demonstrou Carta Capital - http://www.cartacapital.com.br/blogs/outras-palavras/quem-esta-por-tras-do-protesto-no-dia-15-3213.html), Kim Kataguiri diz que "o PT tem que tomar um tiro na cabeça" (http://www.istoe.com.br/reportagens/detalhePrint.htm?idReportagem=413531&txPrint=completo).

Senhora vestida de branco e portando bandeira de Dilma é hostilizada em São Paulo, tentam lhe arrancar a bandeira (http://www.revistaforum.com.br/2015/04/13/manifestantes-arrancam-bandeira-pro-dilma-em-ato-em-sao-paulo/).

Manifestante anti-Dilma faz alegoria com ofensa escatológica a médicos cubanos. Deputado do PSDB posa em foto com o referido cidadão, elogiando a "criatividade" (http://brasilligado.com.br/deputado-tucano-bruno-araujo-posta-foto-no-facebook-e-gera-polemica/).

Tico Santa Cruz (que vêm manifestando muito sua opinião em defesa da continuidade do mandato de Dilma) recebe ameaças de morte a ele e de estupro à sua mulher (http://blogs.odia.ig.com.br/leodias/2015/04/02/bandido-ameaca-matar-tico-santa-cruz-e-estuprar-mulher-do-cantor/ / http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2016/02/policia-investiga-perfis-de-redes-sociais-ameacas-tico-santa-cruz.html).


---------------

Junho de 2015

Daniel Barbosa, 42 anos, “gerente de vendas”, seguidor de Olavo de Carvalho, Reinaldo Azevedo e Danilo Gentili no Facebook, humilha  um haitiano num posto de gasolina. O frentista está enchendo um tanque quando ele o intimida com um interrogatório maluco sobre o desemprego no Brasil e como ele tinha “sorte”. Para a câmera, operada por um cúmplice, Daniel fala da invasão bolivariana, do comunismo e de como o sujeito faria parte de um exército do “Foro de São Paulo” (https://www.youtube.com/watch?v=WOSZu40swU8 / http://www.diariodocentrodomundo.com.br/quem-e-o-bocal-que-atacou-um-imigrante-haitiano-e-por-que-ele-nao-esta-na-cadeia/).


Expressão "Morra Jô Soares" é pichada na rua de frente para a residência do apresentador, uma semana após ter ido ao ar um papo do apresentador com a presidente do país (http://diariogaucho.clicrbs.com.br/rs/entretenimento/noticia/2015/06/apos-entrevista-com-dilma-jo-soares-e-ameacado-morra-4785096.html).


---------------

Julho de 2015

Instituto Lula é alvo de ataque a BOMBA (http://www.cartacapital.com.br/blogs/parlatorio/instituto-lula-e-alvo-de-ataque-a-bomba-assista-1529.html).

Conhecido por suas declarações contra os direitos gays e em defesa da Ditadura Militar e da tortura, Jair Bolsonaro conquistaria o apoio de uma parcela significante do eleitorado brasileiro: 4,6% (http://www.pragmatismopolitico.com.br/2015/07/jair-bolsonaro-pontua-em-nova-pesquisa-cntmda-para-a-presidencia-do-brasil.html).

Nos EUA, brasileiro se infiltra em comitiva e xinga Dilma de 'assassina' (http://www1.folha.uol.com.br/poder/2015/07/1650959-nos-eua-brasileiro-se-infiltra-em-comitiva-e-xinga-dilma-de-assassina.shtml).

São vendidos pela Internet adesivos para carros que representam Dilma de pernas abertas, para serem usados no bocal de abastecimento em simulação a estupro (http://ultimosegundo.ig.com.br/politica/2015-07-01/adesivo-que-simula-dilma-de-pernas-abertas-pode-ser-crime-diz-mercadolivre.html).


---------------

Agosto de 2015

Senhora é quase linchada por usar vermelho em protesto da Paulista. Entre as palavras que teve que ouvir: "corrupta", "fora PT, cês tem que se foder", "comunista, corrupta", "vai pra Cuba, vai pra Venezuela", "você é um lixo comunista", "comunista estupra criança", "putinha do Lula", "vagabunda", "velha doida", "filha de ladrão", "filha da puta" (http://www.revistaforum.com.br/2015/08/17/dama-vermelha-a-historia-da-mulher-que-enfrentou-o-odio-na-paulista/).


---------------

Novembro de 2015

Tatuador de Uberlândia (MG) (que já havia tatuado símbolos nazistas a pedido) retrata Dilma Roussef fazendo sexto oral (http://www.revistaforum.com.br/2015/11/06/tatuagem-dilma-e-retratada-fazendo-sexo-oral/).

---------------

Fevereiro de 2016

Sede do PCdoB é pichada com a frase "Volta C.C.C." (Comando de Caça aos Comunistas) (http://www.brasil247.com/pt/247/sergipe247/219071/Picha%C3%A7%C3%A3o-na-sede-do-PCdoB-pede-volta-de-grupo-de-exterm%C3%ADnio.htm).

Líder do PCdoB é assassinado em São Domingos do Araguaia, no PA (http://g1.globo.com/pa/para/noticia/2016/02/lider-sem-terra-e-assassinado-em-sao-domingos-do-araguaia-no-pa.html).

Moises Gumieri (PCdoB), prefeito de Chiador, é assassinado a tiros (http://g1.globo.com/mg/zona-da-mata/noticia/2016/02/prefeito-de-chiador-e-assassinado-tiros.html).

Jair Bolsanaro pontua 6,1% na preferência do eleitorado brasileiro (http://www.pragmatismopolitico.com.br/2016/02/bolsonaro-e-ciro-gomes-pontuam-em-nova-pesquisa-cntmda-para-a-presidencia.html).


---------------

Março de 2016

Sem prévia intimação e sem qualquer resistência, Lula, familiares e funcionários de seu Instituto são conduzidos coercitivamente a depor por mais de 200 policiais federais, num verdadeiro espetáculo midiático. Diretores da Globo estavam cientes do que ocorreria antes mesmo da operação ser iniciada (http://www.redebrasilatual.com.br/politica/2016/03/nao-foi-so-lula-toda-sociedade-foi-vitima-de-um-desrespeito-diz-advogado-do-ex-presidente-423.html / http://plantaobrasil.net/news.asp?nID=93117).

Sede do PT em Belo Horizonte é atacada (http://www1.folha.uol.com.br/poder/2016/03/1746899-apos-operacao-da-pf-sede-do-pt-em-belo-horizonte-e-atacada.shtml).

Sede da UNE em São Paulo é pichada (http://www.vermelho.org.br/noticia/277577-8).

Sede do PCdoB em São Paulo é pichada (http://www.brasil247.com/pt/247/sp247/220785/Fascismo-em-SP-sede-do-PCdoB-amanhece-pichada.htm).


---------------

Enfim, sei quais contra-argumentos serão apresentados.

Alguns me dirão que o país está polarizado - e que as manifestações de intolerância vêm dos DOIS lados. Isso é só parcialmente verdade. Embora haja mesmo polarização e seja possível sim apontar alguns casos de intolerância por parte de militantes da esquerda, estes não são tão frequentes nem tão violentos, nem se dirigem sistematicamente às chamadas minorias políticas (pobres, nordestinos, mulheres, etc.). Desafio os que realmente acreditam que haja essa equivalência a me apresentarem tantos e tão violentos casos de agressões vindas da esquerda no Brasil desde as eleições de 2014.

Outros se sentirão ofendidos por eu os estar associando a essas manifestações de violência, pois acreditam que é possível se pautar pelo ódio ao PT de forma "moderada". Dirão que não odeiam, apenas têm "nojo", etc. Que vão às manifestações mas sempre se portam de forma pacífica, como possivelmente grande parte das pessoas que ali estão. Pois é, é possível mesmo apenas "flertar" com o fascismo, apenas estar ali perto de onde ele se manifesta, apenas fazer com que fascistas se sintam encorajados por estarem em meio a uma multidão obcecada com a ideia de combater o PT... mas é assim mesmo que o ovo da serpente vai sendo chocado, o fascismo se instala com base nessa crença das pessoas de que estão ajudando o país a se livrar dos "corruptos", dos partidos de esquerda, dos dependentes de "bolsa esmola", etc. É assim que as pessoas se tornam fascistas sem se darem conta disso.

Outro argumento que utilizarão é que, independentemente desses fatos, é necessário apoiar essas manifestações “verde-e-amarelas”, pois elas visam pressionar os poderes constituídos a acabarem com o problema secular da corrupção no país. Mas também não é verdade que as lideranças e que a maioria dos participantes desses protestos tenham essa preocupação republicana, pois nos cartazes e palavras de ordem não há nenhuma (e se há é raríssimo) condenação à corrupção praticada por políticos da oposição, que, pelo contrário, têm incentivado e participado repetidamente desses protestos. Já chegou a ocorrer de serem exibidos cartazes de exaltação a Eduardo Cunha, um notório corrupto. Sejamos sinceros: a obsessão dessa galera é acabar com o PT, não com a corrupção! E tratar os dois como se fossem sinônimos, crer que acabando-se com o partido acaba-se com o problema, achar que o país será muito mais honesto após a derrubada da Presidenta (ainda que grande parte dos juristas apontem que não há base legal para isso), tudo isso é muita ignorância, ou pior, desonestidade intelectual. Já se sabe que os esquemas na Petrobras que vieram à tona operavam pelo menos desde o Governo de Fernando Henrique Cardoso (http://www.redebrasilatual.com.br/blogs/helena/2015/12/demorou-mas-folha-finalmente-descobre-que-petrolao-comecou-com-fhc-5745.html). Há vários indícios de que as mesmas empreiteiras que estão sendo investigadas pela Lava Jato superfaturam e distribuem propinas desde a construção de Brasília, passando pela Ditadura Militar (http://pensadoranonimo.com.br/casamento-de-empreiteiras-com-poder-comecou-com-jk-e-teve-lua-de-mel-na-ditadura/ / http://www.istoe.com.br/reportagens/407824_O+HOMEM+DA+MALA+DA+CAMARGO+CORREA). O que está trazendo esses casos à luz é a Democracia e a maior transparência dos gastos públicos. Por isso é um contrassenso que uma parte expressiva dos manifestantes esteja fazendo elogios à Ditadura Militar e clamando às Forças Armadas que repitam 1964. O que a gente precisa não é de acabar com o PT, mas sim de garantir que as instituições trabalhem como devem, com a necessária autonomia mas também dentro de suas limitações republicanas, sem cometer abusos de poder, sem poupar a determinados segmentos políticos e perseguir a outros. Mas esse é um assunto para ser desenvolvido em outro texto, pois aqui já me estendi muito.